Image Map

segunda-feira, 11 de maio de 2015

Paixões: Alice



Hoje resolvi começar uma série de post sobre minhas paixões, coisas que eu realmente amo e sou louca por elas. A "Paixão" de hoje é Alice (não entendam errado gente, por favor ;---;) a protagonista do livro Alice no País das Maravilhas de Lewis Carrol. Ela é uma personagem muito popular e ela REALMENTE existiu, só não sei se o País das maravilhas, mas ai vai de cada um né, hehe.


OBS: Alice Liddel era uma garota filha de um amigo de Lewis. Ele era apaixonado pela garota.

Existem várias teorias sobre a verdadeira história por trás da inspiração e significados do livro, segue um post do blog Medo B sobre o que seria a verdadeira história de Alice:





Ainda nesse clima meio "dark" também gostaria de falar do jogo Alice Madness Returns, que seria uma espécie de continuação do jogo American McGee's Alice. Ambos os jogos estão disponíveis para PC, XBox 360 e Playstation 3, mas creio eu que eles rodem no XBox One e Playstation 4 (me corrijam se eu estiver errada). O jogo conta a hístória de Alice ocorrida após os livros Alice no País das Maravilhas e Alice Através do Espelho. Na história do jogo ocorre um incêndio acidental na casa da família Liddel, em que os pais de Alice morrem e ela fica órfã (avá?!). Então após uma tentativa de suicídio Alice é mandada pata um sanatório onde tentam lhe fazer esquecer o ocorrido.

Aqui está um vídeo com uma explicação melhor de ambos os jogos pelo Zangado Gamer:







Saindo dessa atmosfera meio sombria vamos falar agora do clássico da Disney Baseado no livro original.

"Alice no País das Maravilhas (no original em inglês: Alice in Wonderland) é o 13º longa-metragem produzido pela Disney. Lançado em 1951, o filme é uma adaptação do romance de Lewis Carroll - "Alice in Wonderland" (publicado em 1865) - e sua continuação - "Through the Looking-Glass" (publicado em 1871).

Antes do desenvolvimento do filme, Walt Disney já havia feito uma série que mistura animação e live-action, intitulado: "Alice Comedies" lançado em 1924. Porém foi só com o sucesso do filme "Branca de Neve e os sete anões" lançado em 1937, que Walt Disney decidiu fazer o filme. A segunda guerra mundial forçou a Disney atrasar o projeto do filme. Durante essa época de guerra, a Disney só tinha recursos para fazer filmes curtos. Só depois, com o fim da guerra e o sucesso do filme "Song of the South" que o estúdio voltou a trabalhar no projeto."  _ Fonte: Wikipédia.

Além de teorias, livros jogos e filmes temos também animes e mangás com temática de "Alice".



O mangá de Sakura Kinoshita, criadora do mangá e anime Mantei Loki Ragnarok (que foi ao ar no antigo Animax) não poderia faltar neste post.

O mangá foi publicado no Brasil pela editora New Pop. Ele é todo colorido, algo bem raro em mangás lançados aqui.  O preço dele é R$ 12,00, um pouco mais caro que o normal, mas vale muito a pena. 



"Fushigi no Kuni no Arisu é um anime adaptado do romance Alice in Wonderland do autor Britânico Lewis Carroll que foi exibida no canal japonês NHK dia 26 de Março de 1983 até 10 de Outubro de 1984. A série é uma coprodução nipo-germânica entre Nippon Animation e Apollo Films. A série teve em torno de 52 episódios, no entanto, apenas 26 episódios chegaram aos Estados Unidos.

A série estreou em Portugal em 1987. A dublagem foi dirigida pelo ator João Lourenço. A série repetiu em 1989 na RTP, e na TVI com a mesma dublagem em 1994. A Planeta de Agostini editou a série em DVD completa com os 26 episódios com a dublagem antiga. A Prisvideo fez duas edições de várias cassetes com os primeiros episódios da série. Entretanto editou alguns DVD's com episódios da série, mas os últimos volumes têm uma nova dublagem e o genérico cantado em português interpretado por Ana Paula.

No idioma Inglês, esta série é geralmente ofuscada pelo versão do filme de 1951 que fez sucesso da Disney na história; no entanto, a série de anime foi bastante popular em vários países Europeus, Israel, e América Latina, Irã, e no mundo de língua Árabe. A série também foi dublada em Hindi pelo Conselho de Desenvolvimento de Filme Nacional da Índia e foi ao ar no canal Doordarshan no início de 1990." _ Fonte: Wikipédia Portugal. - Adaptado.




E por ultimo uma das minhas musicas de Vocaloid favoritas: Alice Human Sacrifice;




E como bônus pra vocês também uma teoria sobre essa música também pelo blog Medo B:


Obrigada por lerem, beijos da Thia!! :*

OBS: Não falei do filme dirigido por Tim Burton porque julgo que o post já ficou muito grande, mas também aprecio muito o mesmo.

8 Comments:

Talyta Leite Ferreira said...

*w* Também amo as adaptações de Alice, mas não conhecia à "Fushigi no Kuni no Arisu" Boa pesquisa.

Esmalte & Cia said...

Não gosto da Alice rs , mais adorei saber mais sobre
Beijos fica com Deus . Sucesso
http://eesmaltecia.blogspot.com.br/

viciomatiz said...

OMG!! Eu amoo Alice hahaha sério!
E joguei muto o Madness Returns!
Adoreii o post!!

Beijinhoss!
https://viciomatiz.wordpress.com/

Larissa Almeida said...

Vou falar a verdade... eu só conhecia a história contada pela Disney hahaha
É um post bem interessante e eu amo a Alice
Beijo e sucesso
http://calmaaimenina.blogspot.com.br/

Thia Firefly Nebula said...

Own Larissa, obrigada flor!! Fico feliz que tenha conhecido mais coisas sobre a Alice!! Vou seguir seu blog. Já segue o meu?? Se não aproveite e siga!! Muito obrigada pela visita.

Thia Firefly Nebula said...

Fico muito feliz que tenha gostado. Eu amei o jogo, mas infelizmente sou pobre e fui uma das pessoas que baixou o jogo, mas ele acabou dando crash e eu nem joguei mais. ;---; Vou seguir seu blog, obrigada pela visita!!

Thia Firefly Nebula said...

Eeeeeeeeee!! o/ Alice teve um boom na cultura pop, acho que isso foi importante para que todos a conhecessem.

Cris Baiense said...

Acho que nunca li toda a história da Alice... Rs Porém é legal saber que ela existiu e saber um pouco mais da história dela. Bjs
www.crisbaiense.blogspot.com.br

Postar um comentário

Olá, obrigada por ler o post até o fim, comente sua opinião sobre o mesmo:

** Deixe o link do seu blog no fim do comentário para que eu possa conhecer seu blog também.